FERNANDO DE NORONHA!

Voltei de viagem faz duas semanas, mas não consegui parar com calma para escrever tudo o que gostaria sobre um dos lugares mais lindos que já vi nestes meus 24 anos.

Resolvi então dividir o post sobre noronha em 3: Dicas Básicas da Ilha; Dicas de passeios e praias; Dicas de restaurantes! Tenho certeza que depois destes posts, você também vai querer conhecer NORONHA!

baia-do-sancho-7

Por uma questão de ordem, achei legal começar com o post de dicas básicas. Quando ir? Onde ficar? Transporte? Vem comigo!

QUANDO IR

Para escolher em qual época do ano ir, basta você saber quais meses mais te agradam com relação ao clima e ao mar. Como assim? Noronha tem uma temperatura média de 30 graus durante o ano todo, mas alterna entre meses de muita chuva, muita onda ou muita calmaria. Me explico…

Agosto a Novembro – Época para os amantes do mar calmo, sol durante o dia todo e menos turistas! (nós fomos no final de agosto e pegamos algumas chuvas rápidas)

Dezembro a Março – Época do Suel com muitas ondas bem altas (chegam a ultrapassar o forte do porto da ilha) e é quando acontece o campeonato de surf (janeiro).                               O tempo é bem aberto (sol o dia todo), mas você corre o risco de não entrar no mar de algumas praias por estar bem bravo.

Vale dizer que aqui temos o Reveillon, época mais movimentada e cara da ilha! Em dezembro a maioria dos serviços dobram de valor.

Abril a Julho – Época de chuvas. Os nativos da ilha dizem que chove, mas que dá para aproveitar! A temperatura não cai quase nunca, portanto, o calor continua garantido!

ONDE FICAR

A ilha é bem pequena e é basicamente dividida por uma grande avenida que te leva para todas as praias e restaurantes. Por uma questão de localização (próxima ao centro da ilha), vale escolher uma pousada em Floresta Nova ou Floresta Velha. Nós ficamos na Floresta Nova e deu super certo, em pouco mais de 10 minutos estávamos no centro e para a Praia do Cachorro (de mais fácil acesso) chegamos em 15.

A maioria das pousadas é bem simples, mas muito confortável. Se quiser gastar um pouco menos, escolha uma hospedaria domiciliar (moradores abrem suas casas e alugam quartos). Para um gasto médio/alto escolha as pousadas de 3/4 estrelas. Agora se estiver com $$  e quiser investir numa pousada mais cara, com piscina e mais estrutura, escolha entre a famosa Pousada do Zé Maria, a Teju-açu ou a Pousada Maravilha!

estreladomar

Nós ficamos na pousada Estrela do Mar e eu super recomendo! O quarto tinha ar condicionado e era bem espaçoso. O café da manhã não era super maravilhoso, mas atendia bem para o começo do dia! O custo benefício foi ótimo!

TRANSPORTE

Para chegar na ilha, você deve partir de Natal ou Recife. Nós fizemos um vôo de SP para Recife, esperamos por 1h dentro do avião e partirmos para Noronha! Uma das vistas mais lindas acontece durante a volta que o avião dá antes de pousar!

aerea-noronha

Dica: reserve o transfer para te buscar no aeroporto antes de chegar na ilha! São duas empresas que fazem o serviço, nós optamos pela Atalaia/Luck e deu super certo. É importante reservar antes, pois já tem uma pesssoa te esperando lá que te leva num ônibus e te explica algumas coisas da ilha assim que chegar.

Durante sua estadia, você pode escolher entre alugar um bug, andar a pé, de ônibus ou de táxi. Na época que fomos, o bug estava com a diária de uns R$200,00 e optamos por não gastar este dinheiro.

Fizemos a maioria das coisas a pé mesmo e quando estávamos muito cansados, pegávamos um táxi. Todos os percursos são tabelados e cada corrida sai em média R$20,00.

O ônibus faz o percurso de uma ponta a outra da ilha pela avenida principal e passa de 30 em 30 minutos. Usamos poucas vezes, mas resolveu!

+ DICAS

  • Compre água ao chegar (tem alguns mercadinhos pela ilha). Leve sempre na mochila, pois nem todas as praias tem estrutura.
  • Leve uma mochila com cangas e toalhas para se secar depois dos mergulhos e passeios.
  • Leve protetor solar (Faz muuuuito sol e calor). Nós levamos também o repelente, mas não precisamos usar.
  • Reservamos toda a viagem com uma agência que eu SUPER recomendo, pois cuidaram de tudo e nos deram várias dicas antes de irmos. Elas são de BH, mas atendem o BR todo! -> TO TRAVEL 
  • Antes de embarcar, entre no site oficial da ilha para pagar a taxa de entrada. Leve todos os comprovantes impressos com você, pois é a primeira coisa que terá que mostrar ao desembarcar. Caso esqueça, é possível fazer o pagamento na ilha, mas o procedimento é um pouco mais demorado. Cada dia na ilha custa R$64,25 por pessoa!
  • Chegando na ilha, você deve ir até o Flamboyant (bem no centro), e comprar o cartão de acesso às praias, que é válido por 10 dias. Muitas praias ficam dentro do parque de preservação e por isso a taxa é cobrada. Custa aproximadamente R$80,00 por pessoa!

Ufa! Acho que estas são as dicas principais para começar a programar a viagem dos sonhos!! Aguardem os próximos posts!

Espero que gostem! Beijos, Ju!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s