1ª Viagem a NY – Tips

Voltei de NY hoje, após uma semana incrível de férias, e lá, junto com meu namorado, tive a ideia de criar um post dando dicas do que fazer na chegada a cidade.

Como a maioria das pessoas sabe, NY é cheeeia de coisas para fazer e a melhor parte disso é que se pode fazer tudo através do metrô. (Não vale a pena alugar carro ou ficar andando de táxi sempre), e por isso algumas dicas vão ajudar antes de começar a bater perna e se divertir.

Achei melhor criar um top 4 super fácil e acredito que ajudará muito:

1. Baixar o Aplicativo NYC SUBWAY MAP

Este você pode baixar antes de chegar em New York, assim já vai estudando as linhas entendendo mais ou menos como funciona. (Preste bem atenção nas linhas locais e expressas para não errar)

O melhor de tudo é que funciona offline e caso você se esqueça, ou queira saber onde tem uma linha próxima, é só abrir o celular e olhar. (Acredito que seja mais fácil e não ocupa tanto espaço como os mapas de papel)

APPLE STORE: HTTPS://ITUNES.APPLE.COM/BR/APP/NYC-SUBWAY-MAP/ID305778197?MT=8
GOOGLE PLAY: HTTPS://PLAY.GOOGLE.COM/STORE/APPS/DETAILS?ID=COM.NYOFFLINE.SUBWAY&HL=PT_BR

 

subway

 2. Descobrir qual a estação de metrô mais próxima do seu hotel/apartamento

Essa dica parece desnecessária, mas é muito importante para que você possa se localizar e se programar para o que deseja conhecer/fazer.

Ao encontrar a linha mais próxima (vale andar um pouco na rua, olhar o google maps, ou perguntar na recepção do hotel), estude se ela é uma linha local ou expressa e entenda os horários em que ela fica ativa (algumas linhas fecham as 22h e outras mudam seus destino quando em obra). – essas informações ficam disponíveis na entrada da estação e é sempre importante ler os comunicados colados nos pilares.

 3. Comprar o Metrô Card 

Esta é a dica mais importante de todaas! rs

metrpcd

Quando entrar na estação de metrô pela primeira vez, vá até uma das máquinas que ficam disponíveis para compra do “passe” de metrô, neste caso chamado de metrô card. A maioria das pessoas acaba comprando um valor que acha adequado, mas eu indico que seja feito uma compra por tempo, pois ao invés de descontar s$2,50 toda vez que entrar numa estação, você terá passagem livre, tanto em metrô como em ônibus, durante o tempo que escolher.

Na minha última viagem fiquei uma semana e por isso selecionei a opção de 7 dias, mas quando morava lá  usava o mensal que tinha um preço fechado para os 30 dias.

4. Comprar um chip de celular local 

A última dica é mais para quem não consegue ficar longe do 3G ou tem medo de se perder e quer ter acesso rápido ao google maps, por exemplo.

Existem duas empresas que vendem um valor fechado para os planos de internet e é só ir até a uma delas e solicitar o chip de internet para o tempo que desejar. Há um preço padrão para 30 dias, confira:

AT&T = 39 dólares
T-Mobile = 29 dólares
 
 

Espero que essas dicas ajudem. Vou preparar mais algumas dicas bacanas para compartilhar.

 

bjs

Anúncios

Max Brenner – A World Of Chocolate

Sexta-feira: dia da alegria e dia de enfiar o pé na jaca! rs

Portanto, hoje é o dia mais apropriado para a dica que vou dar..

Nunca tinha escutado falar deste lugar e nem lido em nenhum livro ou blog de viagens e por isso acho que preciso passar pra frente este meu conhecimento. Rs

Quando morei em NY, resolvi conhecer o Max Brenner num domingo depois do almoço. Era pertinho da minha casa (East Village) e estava sempre lotadooooo! Nunca tinha entrado e não sabia bem o que era, mas quando coloquei os pés lá dentro, entendi o motivo de estar sempre cheio! Haha

Adivinhem? Era uma NY dos chocolates!! Logo na entrada tem uma máquina que produz o chocolate branco e o chocolate preto na hora e tem um cheiro maravilhoso. Além disso, tem vários tipos de chocolates fofos para dar de presente e levar para casa (foco especial para o “shot” de chocolate).

Passado o encanto pela entrada (e a espera!), existem diversas mesas para que você possa provar uma das sobremesas maravilhosas feitas por eles e, se tiver friozinho, o maravilhoso fondue de chocolate!

Além de sobremesas, é possível comer algum salgado, caso esteja com fome, mas não existem muitas opções no cardápio e eu indicaria apenas para um brunch.

P.s: Não deixem de ler o cardápio! Tem uma história super fofita escrita pelo dono do local.

Endereço: 841 Broadway – New York (do lado da Union Square)

Confiram algumas fotos:

Fachada do lugar (linda)!

Fachada do lugar (linda)!

 

Entrada fofa! Não dá vontade de levar tudo?

Entrada fofa! Não dá vontade de levar tudo?

 

Olha isso!!! O mais puro chocolate em shot! <3

Olha isso!!! O mais puro chocolate em shot! ❤

 

Eu e Roberta! Este é meu doce preferido de lá! (tipo um petit gateau)

Eu e Roberta! Este é meu doce preferido de lá! (tipo um petit gateau)

O clássico fondue!

O clássico fondue!

 

 

E aí, já podemos ir correndo até lá?

 

TOP 5 – Bares em NY

Hello People!

Outro dia me lembrei do blog e fiquei pensando porque parei de escrever.. Talvez tenha sido o fim do intercâmbio, a correria do trabalho e da faculdade, ou preguiça mesmo! Rs

O que importa é que nesses últimos dias tem me dado vontade de escrever de novo e de colocar um monte de coisa bacana, de NY ou de outros lugares, que anotei e não compartilhei.

Após o desabafo (hahaha), hoje o post vai falar sobre alguns bares de NY! (Acho que a saudade de lá tbm me incentivou a relembrar e voltar a escrever).

Chega de blá blá, aqui vai meu TOP 5 – Bares:

1 – McSorley’s Old Ale House

O PUB mais antigo de NY existe desde 1912. Não espere um bom humor ou uma ótima recepção dos atendentes que devem ter quase a mesma idade do Bar rsrsrs, mas aprecie a decoração cheia de informação e antiguidades misturadas com notícias de jornal que contam a história do Pub. Escolha o chopp da casa que é servido de 2 em 2 e custa apenas 5 dólares!

Entrada do bar.

Decoração do bar.

Endereço: 15 East 7th Street

2- Back Room

Esse bar lembra a época da Lei Seca na cidade.

A entrada é numa portinha e te faz pensar que está fazendo algo ilegal. As paredes e portas são falsas e te levam para diferentes ambientes do bar. Além disso, as bebidas são servidas em copos diferentes que tentam “disfarçar” a bebida alcoólica.

Vale muito a pena conhecer e entender um pouco de como era o ambiente dos bares proibidos daquela época.

Entrada do bar.

 

Parte interna do bar.

Endereço: 102 Norfolk Street

3- Turtle Bay Grill & Lounge

Esse é um ótimo lugar para reunir amigos para um Happy Hour ou fazer um “Esquenta” para a balada.  O bar transmite todos os esportes americanos e faz promoções de acordo com a data e o dia da semana.

Nas quartas-feiras, dia mais badalado por lá, o Chopp BudLight custa apenas UM DÓLAR! Além disso, bebidas mais fortes são distribuídas pelas garçonetes em pequenos shots.

Entrada e chamada para as quartas-feiras!

Friends!

Endereço: 987 2nd Avenue

4 – The Standart – Biergarten

Esse bar é super bacana e um dos meus preferidos!!

Primeiro porque fica em um dos bairros que mais gosto em NY, o Meatpacking. E depois porque é um ambiente descontraído para ir com os amigos ou até fazer novos amigos.

Como funciona? Ao Entrar você se depara com um caixa onde deve comprar “fichas” para beber, em seguida você deve ir ao balcão e solicitar uma das cervejas que deseja – comentário especial para os copos que são grandes e lindos, o que faz todo mundo querer levar um pra casa -, depois é só escolher uma das grandes mesas do local e se sentar – as mesas são “comunitárias” e qualquer pessoa pode sentar. Por fim, ainda no mesmo lugar, é possível jogar ping pong – existem umas 3 mesas que ficam disponíveis para as pessoas se divertirem -.

Acho incrível e ótimo para a passar a tarde, principalmente no verão!

Espaço para jogar Ping Pong.

 

standart-friends

Endereço: 848 Washington Street

5 – Fat Cat

Quer ir a um bar típico americano? Daqueles que a gente vê em filme? Esse é uma ótima opção.

Com uma entradinha escondida no coração do West Village o bar é uma surpresa quando você desce as escadinhas. Todas as mesas tem um tabuleiro de jogos tipo dama e xadrez. Além disso, tem espaço para jogar “curling”, sinuca e Ping Pong. Enquanto joga e conversa com os amigos você ainda pode curtir um jazz com a banda do dia.

Espaço das Bandas.

 

Espaço dos jogos.

Espaço dos jogos.

Endereço: 75 Christopher Street

Esperam que gostem! Vou tentar escrever mais e trazer mais dicas para o blog!

 

bjs,

Juju!

Conhecendo o East Village – NY

Bateu saudade de NY.. Já faz quase seis meses que voltei e acho que parei de escrever aqui por não querer lembrar de láá…

Passando a tristeza, resolvi escrever sobre o lugar que mais gosto em NY! Sou suspeita, morei os 6 meses no East Village.

Imagem

O bairro é habitado por estudantes, em sua maioria, pois uma das grandes universidades (NYU) está localizada lá. Além disso, podemos encontrar as melhores baladas – na minha humilde opinião e longe dos lugares famosos-, milhares de bares, brechós – alguns até a céu aberto no verão-, as melhores manicures da cidade – baratas e boas / I ❤ China -, os melhores tatuadores e alguns restaurantes bacanas..

Imagem

Imagem

Balada: Blind Barber – 11st Avenue B
O lugar é uma barbearia durante o dia e vira uma das baladas mais legais que fui na parte da noite.. Abre quase todos os dias e tem um público mais moderninho, as músicas variam muito, nos dias mais comerciais – sexta e sábado – toca o que está na moda no momento, e nos outros dias um rock bem bom! A bebida é barata e não tem bla bla pra conseguir entrar!

Imagem

Imagem

Eu, Lala e Tuco

Praça: Union Square
Ahh como eu amo esse lugar. Você pode jogar xadrez, sentar pra ler um livro, apreciar a beleza das árvores e dos esquilos e pode comprar hahaha – sephora e forever 21 representam no ambiente -, além disso, a partir de novembro tem uma feira fofa com artesanato e outros produtos para o natal!!

Imagem

Imagem

O melhor restaurante/loja de chocolte de NY está nessa região e escondido numa esquininha próximo a Union Square. Mas esse lugar vale um post especial (juro que não demoro mais 6 meses pra postar)

Enfim, só queria falar um pouco mais sobre uma região que não é muito divulgada nos roteiros básicos feitos para NY, mas que acho que vale muuito a pena conhecer, principalmente se você gostar de coisas diferentes!!!

Imagem
Uma das últimas noites antes de voltar para o Brasil!

Espero que gostem!

bjs,
Juju

Conhecendo Williamsburg..

Hoje vou falar sobre meu lugar preferido para visitar aos domingos: Williamsburg. O bairro que fica no Brooklyn te faz esquecer a grande NY. Com um ar descolado e cheio de arte, abriga artistas e intelectuais de New York como o Soho nos anos 80.

Para chegar ao bairro é simples: pegue a linha L do metrô e desça na Bedford (Primeira estação fora de Manhattan). Na própria avenida Bedford é fácil de encontrar obras de arte sendo vendidas nas calçadas e vários lugares bacanas para tomar um Brunch.

Imagem

Além do charme e do espiríto diferente das pessoas que frequentam o bairro, os brechós são incríveis e têm peças exclusivas de designers famosos. Um dos meus preferidos chama-se Cross Road Standing (fica na 7Street). O famoso Bacon’s Closet também aparece como um lugar bem frequentado, mas ainda prefiro a unidade de Manhattan (localizado perto da Union Square – acho a loja menos poluída).

Após curtir os brechós e as feras na rua minha indicação é a feira Artist & Fleas. Nela você encontra trabalho de jovens designers e obras de arte muito diferentes.

Imagem

Se quiser fazer uma pausa para comer minha indicação é o bistro frânces Juliette. Lá você encontra um ambiente charmoso com comida deliciosa e preços justos. No verão o lugar é bacana para tomar alguns drinques na área aberta do restaurante.

Imagem

Para finalizar o dia, nada melhor do que curtir a vista de Manhattan junto ao por do sol no East RIver (6th Street).

Imagem

Imagem

Espero que gostem!!

Beijos,

Juju.

The Plaza Food Hall

Após 1 mês sumida – me desculpem, fiquei sem internet por culpa do furacão, mas já está tudo bem!!!! – cá estou eu para falar sobre um lugar que não pode deixar de ser visitado durante a temporada em NY: The Plaza Food Hall.

Imagem– Entrada

Sabe o famoso hotel Plaza, conhecido por ser super caro e apenas acessível para fotos na porta? Pois é, isso mudou a partir do momento em que foi criado uma praça de alimentação no subterrâneo do hotel.

Não pense que é uma praça de alimentação tipo shopping no Brasil, é um conceito muito bacana e diferente que não temos nem parecido, frequentado por gente bonita e “cool” de New York. Muito difícil encontrar turistas por lá..

A praça possui várias “ilhas”com diferentes tipos de comida: Hamburguer, Ostra, Massa (deliciosas), Sushi, Dumplings, entre muitas outras delicias… O bacana daqui é que você pode sentar em qualquer uma das “ilhas” e escolher o que quiser, ou seja, você não precisa sentar na “ilha” de sushi para pedir sushi, você pode sentar na de massa e escolher sushi mesmo assim.

Imagem

– The Grill (hamburgueres e carnes deliciosas)

Imagem– Frutos do Mar

Imagem– Pizza e Massa (hmmm, minha “ilha” preferida)

Imagem– Dumpling

Imagem– Sushi

Imagem– Queijos e Pães

Além dessas deliciosas comidinhas, ainda é possível encontrar doces de comer rezando!!! Na entrada da praça de alimentação existem várias ilhas com bolos, sorvetes, maccaronis, entre muitas outras delicias.. Além disso a decoração é de encantar qualquer um, principalmente agora na época do Natal.

Imagem-Doces

O clima do ambiente é super legal e eu adoro ir aos sábados, sempre que vem alguém do Brasil faço questão de dar uma passadinha. O mais bacana é que fica ao lado do Central Park e em frente a famosa Apple Store da 5avenida.

Imagem– Sábado com as lindinhas de Goiânia!!!

Informações:

– Endereço: 1 West 59th Street – New York

– Telefone: (212) 986-9260

– Horários: seg-qui, dom 07h00-21h00 / sex-sáb 07h00-22h00

– Reservas: opentable.com

– Site: http://www.theplazany.com/dining/the-plaza-food-hall/

E aí, gostaram??

Beijos,

Juju!!